INSPIRAÇÃO E MULHERES CORAJOSAS SÃO O TEMA DE UMA EXPOSIÇÃO EM SÃO PAULO

Cabelos trançados adornados com flores, roupas coloridas e sobrancelhas juntas. Aposto que você logo pensou na Frida Kahlo, né? E não é por menos. A artista mexicana criou pra si uma identidade muito marcante, que foi capaz de atravessar o tempo e a sua própria história, tornando-se um símbolo feminino de força, inteligência e emancipação. Muito além de uma figura do universo pop – ou das fantasias de carnaval – Frida foi uma mulher a frente de seu tempo e deixou para a gente e para a arte um legado importantíssimo.

No décor, a sua influência aparece principalmente na paleta de cores: ambientes que misturam tons fortes, como o azul, o rosa e o amarelo, fazem referência ao visual tipicamente mexicano, além de lembrarem muito a casa onde a artista viveu, conhecida como La Casa Azul, que hoje abriga o Museo Frida Kahlo. Sua imagem também passou a estampar todo tipo de acessórios para casa, como almofadas e pôsteres.

frida02

frida03

frida04

frida05

Se você quiser conhecer um pouco mais da Frida Kahlo e ver como a sua vida pessoal e sua produção artística se misturam, vale muito conferir a exposição “Frida Kahlo – Conexões entre mulheres surrealistas no México”, que está em cartaz no Instituto Tomie Ohtake, aqui em São Paulo! A exposição conta com 20 telas, incluindo alguns famosos autorretratos, além de pinturas, esculturas e fotografias de 16 artistas nascidas ou radicadas no México, como a inglesa Leonora Carrington, a espanhola Remedios Varo e a mexicana María Izquierdo.

frida01

É muito interessante também poder encontrar alguns tesouros produzidos por outras artistas surrealistas e conhecer um pouco melhor essas mulheres, tão poderosas e vanguardistas quanto a própria Frida.

frida06

Na foto da esquerda, vemos um autorretrato da Frida onde ela se representa com um traje típico de casamento e pinta a figura do seu marido, o também artista Diego Rivera, como um terceiro olho – o famoso e conturbado romance é assunto constante na produção da artista. Já à direita, temos alguns trajes inspirados no seu vestuário. A guia nos contou que a relação da Frida com as suas roupas não era simplesmente estética. Além de esconderem suas deficiências, elas foram essenciais para a criação da sua nova identidade, inspirada nas mulheres de Tehuantepec, que vivem em uma sociedade matriarcal e são famosas por serem fortes e corajosas.

frida07

frida08

 

Programe-se, pois essa é uma experiência imperdível. Aqui vai o serviço completo:
Frida Kahlo – conexões entre mulheres surrealistas no México
Onde: Instituto Tomie Ohtake – Rua dos Coropés, 88, Pinheiros, São Paulo/SP
Quando: Até 10/01/2016, terça à domingo das 11h às 20h

 

Encontrado em Casa de Valentina